Blog Dedetização
O que todo morador de condomínio precisa saber para evitar problemas com pragas
4 de setembro de 2017
0

Se lidar com pestes e combatê-las da forma correta já é difícil em qualquer lugar, já imaginou como essa questão pode ser complicada em edifícios residenciais e condomínios? Eliminar as pragas exige um comportamento adequado e estratégico, o que não combina em nada com um local onde tantas pessoas diferentes – e com hábitos e estilos de vida também muito distintos – convivem ao mesmo tempo. No entanto, se todos pudessem ter acesso a um conjunto único de informações, provavelmente a lista a seguir seria bastante útil. E informação é o primeiro passo para desenvolver a consciência dos moradores.

 

As pestes podem ser andar de uma unidade a outra – Se as pragas por si só já são um grande problema, imagine se, além de tudo, elas ainda transformarem você no mau vizinho? Pois saiba que as pestes realmente não se contentam em um só lugar, ou sequer entender sobre demarcações, e podem facilmente se espalhar por todas as casas que cercam o local afetado, inclusive apartamentos de outros andares, no caso de um edifício. Por isso, é importante ter um cuidado dobrado (pelo seu lar e pelos demais) quando o assunto for prevenção de pragas.

 

Atitudes que mais atraem e proliferam as pragas – Os animais que causam infestações, como quaisquer outros, estão à procura de alimento, água e abrigo. Preveni-los não é de todo difícil, trata-se basicamente de não oferecer a eles o que precisam. E isso é feito automaticamente ao manter a casa sempre limpa. Remover o lixo constantemente, não deixar louça suja na pia por muito tempo e estocar alimentos corretamente são ações extremamente úteis. Além disso, também é importante prestar atenção em fontes de água. Elas podem não ser consideradas sujas, mas é preciso ter em mente que a maioria das pestes consegue sobreviver sem alimento por longos períodos desde que tenham acesso a água. Portanto, consertar torneiras com vazamentos e evitar acúmulo de água em recipientes também são atitudes fundamentais.

 

Como manter-se atento aos sinais – Nem todas as pragas podem ser combatidas apenas com higiene, embora isso funcione para a maioria delas. Há pragas mais insistentes, além daquelas que podem ser trazidas de fora, como os percevejos-de-cama, tão comuns em viagens. Por isso, uma boa maneira de prevenção é não ignorar sinais. Um indício muito simples de que algo não vai bem é acordar com picadas na pele. Normalmente, imagina-se que pequenas aranhas ou mosquitos sejam a causa, mas isso nem sempre é verdade. Além disso, esses animais também são pragas que devem ser combatidas.

 

Se a prevenção não for suficiente – Se mesmo com todas as prevenções as pragas invadirem seu local, é importante notificar o mais rápido possível o proprietário de seu imóvel, caso este seja alugado, e os gestores do condomínio. Assim, as medidas mais adequadas podem ser tomadas antes que o problema se agrave mais e mais, afetando outros moradores.

A Dedetização deve ser feita por profissionais que conhecem a sua região e sabem como realizar um serviço limpo, com segurança e garantia dos serviços prestados. Confira agora mesmo os preços e serviços do que você precisa!