Controle de Pragas em Apartamentos e Condomínios
4 de setembro de 2017
0

Todos os apartamentos devem ter inclusos no condomínio serviços de dedetização programados semestralmente ou com alguma frequência. Já que são muitas pessoas vivendo em áreas comuns, passando por escadas e elevadores, é imprescindível que haja um calendário de manutenções do edifício em determinadas épocas do ano.

A primavera é uma boa estação, pois é quando os dias se tornam mais longos, as temperaturas sobem e com as flores chegam as borboletas e pássaros mas também pragas como baratas, ratos e outros bichos.

O ideal é que o condomínio mantenha um contrato de serviços com uma empresa especializada em controle de pragas urbanas. Um pacote de serviços anual traz mais economia ao empreendimento (cerca de 30% menos em gastos desse tipo de maneira avulsa). O síndico deve convocar uma reunião ou assembleia e decidir qual a melhor empresa e quais os custos.

Todos devem zelar pelo edifício. Caso haja uma infestação e ausência de cuidados, é possível que síndico tenha que arcar com uma indenização aos moradores.

É importante agendar estes cuidados antes do período de reprodução das pragas, que costuma ser em outubro. É o mês mais indicado para tomar ações contra baratas, formigas, mosquitos, ratos e cupins. Esses animais escolhem o início do verão para se acasalarem e se multiplicarem.

Os inseticidas duram em média seis meses. Portanto, a desinsetização deve ser feita semestralmente. As empresas responsáveis pelos pesticidas devem seguir todas as recomendações. Existem muitas empresas que não seguem a lei. Fique atento.

Peça a licença de funcionamento da vigilância sanitária, pergunte quem é o responsável técnico e veja se a empresa está registrada no conselho profissional deste responsável. Pode ser um químico, um biólogo, engenheiro florestal, veterinário, etc.  Confira o CNPJ da empresa e o seu endereço.

O síndico não deve fechar o contrato baseado em litros de pesticidas utilizados, já que corre grande risco de ser explorado. Feche um valor fixo, e se possível, faça vários orçamentos com empresas diferentes.

Os produtos podem ser aplicados em forma de gel, pulverizados ou atomizados. Pergunte por quanto tempo a área deve ficar isolada para proteção das crianças, plantas, animais e também dos idosos.

Controlar as pragas em apartamentos também exige que outros reparos sejam feitos no condomínio. A caixa de gordura não pode estar com a tampa quebrada, os ralos devem estar tampados, não devem haver rachaduras nas paredes.

Geralmente aconselham os moradores sobre a pulverização com 2 dias de antecedência ou mais, para que evitem a circulação entre as áreas comuns.

A lei assegura a garantia de no mínimo 30 dias sobre esse tipo de serviço. Mas via de regra, as empresas oferecem uma cobertura maior, que varia de três a seis meses. Algumas inclusive aceitam ser acionadas caso ratos morram nas áreas comuns do condomínio, para fazer a remoção do animal.

O controle de pragas deve ser refeito para manter o condomínio sempre limpo e livre de animais indesejados. A faxina e a limpeza são ferramentas de apoio essenciais, que formam os pilares de um ambiente agradável e confortável para morar. Se você verificou a presença de criaturas indesejadas em sua casa, edifício ou áreas circundantes como ratos, baratas, formigas outros tipos de pragas você precisa de um controlador de pragas profissional para eliminá-las.